País Brasil
Setor
Tipo de Invest Buyout
Data do Invest Maio 2009
Status Retorno realizado
Saída IPO (outubro 2009), block trade (janeiro 2011), venda a comprador estratégico (julho 2011)

A Cetip é a maior central depositária de títulos privados de renda fixa e derivativos de balcão da América Latina. Mais de 15 mil instituições, entre elas fundos de investimento, bancos, corretoras, financeiras, seguradoras e investidores estrangeiros, usam os serviços da Cetip de registro, custódia e processamento de operações. Com sede no Rio de Janeiro, a Cetip tem mais de R$4 trilhões (US$1.65 trilhões) em ativos sob custódia e realiza mais de 140 mil transações por dia (em dezembro de 2014).

DE UMA ORGANIZAÇÃO SEM FINS LUCRATIVOS PARA UMA EMPRESA PRIVADA

Estabelecida como uma organização sem fins lucrativos em 1984, a Cetip surgiu para dar segurança, integridade e eficiência às instituições financeiras no Brasil. Em 2008, a empresa passou por um processo de desmutualização para tranformar-se em uma empresa privada e lucrativa, no momento em que a crise global financeira dava os seus primeiros sinais. Os associados da Cetip, muitos dos quais eram também clientes, primeiramente consideraram fazer um IPO, depois uma venda parcial da empresa. Mas o clima pouco favorável dificultou a busca de um investidor, e o que inicialmente era um competitivo processo de venda tornou-se um acordo de exclusividade firmado entre a Cetip e a Advent International.

“Após vários meses de negociação com a Cetip, entendemos os desafios e as oportunidades criadas após a desmutualização”, lembra Mario Malta, Managing Director da Advent em São Paulo. “Tínhamos uma experiência relevante no setor decorrente de investimentos anteriores na BondDesk (trading de renda fixa) e no Grupo GFI (derivativos de balcão), então confiávamos no modelo de negócios da Cetip e estávamos decididos a realizar o investimento apesar do mercado turbulento.”

Em uma difícil operação, pedimos a cada um dos mais de 600 acionistas da Cetip para analisar a nossa proposta de investimento. Em maio de 2009, adquirimos 32% da empresa e nos tornamos seu maior investidor. Implementamos uma nova estrutura de governança corporativa, que deu maior unidade à empresa e que provou ser crucial para o sucesso da empresa.

EXPLORANDO O POTENCIAL DE DESMUTUALIZAÇÃO

Quando investimos na Cetip, ela já era a maior central depositária de títulos privados de renda fixa e derivativos de balcão. O Brasil tinha uma economia pouco alavancada, mostrando o potencial de crescimento orgânico da Cetip. Além disso, acreditávamos que a desmutualização seria um fator que mudaria o jogo – incrementaria os resultados da empresa e criaria uma nova cultura de inovação.

Assim, buscamos no mercado financeiro executivos experientes para fazer parte da administração da empresa. Como disse o CFO Francisco Gomes, a Advent “trouxe pessoas focadas em crescimento e inovação.” Para fortalecer a governança corporativa e introduzir as melhores práticas dos mercados desenvolvidos, indicamos Robert Slaymaker, ex-CEO da Bond Desk e Operating Partner da Advent, para o Conselho de Administração e criamos novos comitês de assessoramento ao Conselho, como o comitê de gestão, o comitê de remuneração e o comitê de precificação.

Com a governança da empresa definida, focamos no crescimento:

    • Desenvolvendo novos produtos e serviços, incluindo ferramentas de gerenciamento de risco e promovendo maior integração da Cetip com os back offices dos clientes. De 2009 a 2010,o investimento da Cetip no desenvolvimento de novos produtos aumentou em 174%.
    • Criando um novo modelo de precificação, que ajudou a transformar a Cetip de um centro de custo para um centro de lucro.

INICIANDO UMA NOVA FASE

Cinco meses após nosso investimento, em outubro de 2009, ajudamos a Cetip a abrir seu capital (IPO) na Bovespa. Vendemos parte das nossas ações no IPO e mais tarde completamos a nossa saída com uma oferta secundária em janeiro de 2011 (block trade) e com a venda dos 10% finais para a Intercontinental Exchange (ICE) em julho de 2011. Durante a nossa gestão, a receita líquida e o EBITDA da Cetip mais que triplicaram, atingindo  R$557 milhões e R$367 milhões, respectivamente.

Sobre o investimento, Malta disse, “Estamos felizes de ter ajudado a Cetip a expandir o seu negócio em um momento crítico do seu desenvolvimento. Temos a certeza de que a ICE será o parceiro ideal nessa nova fase de crescimento da empresa.”

© 2002-2017 Advent International Corporation. All rights reserved